Nos posts anteriores apresentamos a estrutura básica para a elaboração de uma dissertação (Introdução, Desenvolvimento e Conclusão) e abordamos os temas Introdução e Desenvolvimento, com várias dicas e exemplos. Neste post, o último da série, trataremos do item “Conclusão”.

 

Conclusão

 

A conclusão é a parte final do texto. Pode ser descrita como uma espécie de resumo forte e sucinto de tudo o que você disse durante o texto. Ela deve apresentar uma avaliação clara e forte ao final da dissertação.

Pode-se fazer propostas de ação, mas não que tenha ares de profecia.

Aqui se faz o fechamento da ideia apresentada e provada na introdução e no desenvolvimento. Um parágrafo curto é suficiente.

Os principais tipos de conclusão são:

 

  • Conclusão-Retorno – consiste em voltar à tese, ou ao conteúdo da introdução;

 

  • Conclusão-Avanço – vai além ao que está no texto. Aqui, você concluirá com uma solução para o problema apresentado durante o desenvolvimento ou chamará a atenção para a necessidade de esse problema ser resolvido. Uma boa introdução para essa conclusão é:

Verifica-se a necessidade de….

Conclui-se que….

Não se pode permitir que esses problemas continuem…

Termina aqui a série de posts relacionados a como elaborar uma redação nota 10. Esperamos que as várias dicas datas tenham sido úteis para vocês.

Resolva a questão

Você precisa estar logado para postar um comentário.



Pesquise por tags